Copa do Mundo da FIFA Sub-17 Brasil 2019™

Copa do Mundo da FIFA Sub-17 Brasil 2019™

26 de outubro - 17 de novembro

Copa do Mundo Sub-17 da FIFA

Cinco títulos: Brasil e México têm tradição de excelência no sub-17

Mexico players celebrate winning the FIFA U-17 World Cup Mexico 2011
© Getty Images
  • Brasil e México vão decidir o Mundial Sub-17 no domingo
  • Combinados, os dois finalistas de 2019 têm cinco títulos
  • FIFA.com revê as conquistas passadas das duas seleções

No domingo no Estádio Bezerrão, México ou Brasil adicionarão outro troféu da Copa do Mundo da FIFA Sub-17 a sua galeria de conquistas. A dupla de finalistas provou serem potências nesta categoria: 'El Tri' chegou a uma decisão quatro vezes e venceu duas vezes, enquanto que a Seleção faz sua sexta aparição, com três vitórias.

Se o Mundial da Índia em 2017 contou com dois times europeus em busca do seu primeiro título sub-17 - com a Inglaterra derrotando a Espanha por 5 a 2 - o torneio de 2019 no Brasil será totalmente diferente. O FIFA.com detalha os cinco campeonatos entre a dupla que reivindica o título desta edição.

🏆 1997 🇧🇷

O primeiro título do Mundial Sub-17 do Brasil aconteceu há mais de duas décadas, no Egito 1997. Liderados por um jovem Ronaldinho de apenas 17 anos, na época craque emergente do Grêmio, os brasileiros passaram fácil pela fase de grupos, marcando 13 gols e sofrendo apenas um. Depois de vitórias incontestáveis sobre a Argentina (2 a 0) e a Alemanha (4 a 0) nos mata-matas, o Brasil virou para cima de Gana na final e saiu com o triunfo por 2 a 1.

🏆 1999 🇧🇷

A Nova Zelândia 1999 trouxe encontros mais complicados para a jovem Seleção em comparação com dois anos antes. O torneio dos brasileiros começou e acabou com partidas contra a Austrália. O Brasil venceu a primeira por 2 a 1 em 12 de novembro e voltou a superar os adversários 15 dias depois em Auckland, dessa vez nos pênaltis. Após um empate sem gols no tempo regulamentar, os brasileiros derrotaram os australianos por 8 a 7 nas penalidades máximas e conquistaram o bicampeonato.

🏆 2003 🇧🇷

Na Finlândia 2003, foi a defesa dos bicampeões mundiais que falou mais alto. Com o zagueiro central João Guilherme como capitão, os comandados do técnico Marcos Paquetá sofreram apenas um gol em toda a competição. O goleiro Bruno Landgraf passou os três jogos da fase de mata-matas sem buscar a bola no fundo da rede, incluindo a final contra a Espanha de Cesc Fàbregas, que ganharia a Bola de Ouro da adidas. O terceiro título do Brasil viria com uma vitória por 1 a 0.

🏆 2005 🇲🇽

Dando sequência a uma das suas melhores campanhas na competição – as quartas de final na Finlândia 2003 –, o México ergueu a taça no Peru 2005, derrotando justamente o favorito Brasil na final. A grande decisão em Lima foi um cara a cara entre Anderson, ganhador da Bola de Ouro da adidas, e Carlos Vela, artilheiro da competição. O atacante mexicano marcou o primeiro e levou a seleção tricolor a uma convincente vitória por 3 a 0.

🏆 2011 🇲🇽

Há oito anos, o México se tornou o primeiro e único conjunto a conquistar a Copa do Mundo Sub-17 da FIFA em casa. O campeão da Concacaf não tirou o pé do acelerador, ganhando primeiro todas as partidas das eliminatórias e, depois, vencendo todos os compromissos no Mundial. O último deles acabou com um 2 a 0 sobre o Uruguai, diante de um impressionante público de 98.943 pessoas no Estádio Azteca, que criou o clima perfeito para a comemoração de um título. Será que o México conseguirá manter a escrita no Brasil 2019, dando um banho de água fria no sonho dos donos da casa em Brasília?

Explore esse tópico

Matérias recomendadas