Copa do Mundo da FIFA Sub-17 Brasil 2019™

Copa do Mundo da FIFA Sub-17 Brasil 2019™

26 de outubro - 17 de novembro

Copa do Mundo Sub-17 da FIFA

Mvoué é mais que um sobrenome famoso

Steve Mvoue (Cameroon U-17)
© CAF
  • Steve Mvoué é o maestro da equipe sub-17 de Camarões
  • Ele também é filho de uma grande estrela do futebol feminino camaronês
  • Em entrevista ao FIFA.com, ele falou da mãe e do Mundial que o aguarda

A notícia de que o filho de Samuel Eto’o, Etienne, foi convocado para disputar a Copa do Mundo Sub-17 da FIFA Brasil 2019 provocou alvoroço em Camarões. Embora não tenha participado do torneio continental da categoria, realizado este ano, o garoto promete ser uma das referências da equipe. Mas ele não é o único sobrenome famoso no plantel da seleção camaronesa.

Filho de Régine Mvoué, a primeira capitã da história da seleção feminina do país, e irmão de Stéphane Zobo, revelação do Toulouse, Steve Mvoué é o dono da braçadeira da equipe. E é o seu principal astro, também. Campeão africano sub-17, o meia-atacante abrilhantou o torneio com o seu talento e foi escolhido como o melhor jogador da competição.

“O prêmio de melhor jogador do torneio foi uma satisfação, mas o que me deixou mais feliz foi o título de campeão africano”, explica ele. “Atribuo a recompensa individual ao nosso coletivo. É claro que estou orgulhoso, mas para virar um grande jogador, também tenho consciência de que ainda há um caminho e muito trabalho pela frente.”

Talentoso e modesto, o jovem aprendeu com a mãe que a rota para o sucesso é longa e sinuosa. “Ela é a minha inspiração e é graças a ela que eu jogo futebol”, reconhece. “Além disso, ela é minha treinadora até hoje!”

Antes mesmo de brilhar no Campeonato Africano Sub-17, Mvoué foi convidado a assinar contrato com diversos times europeus. Mas ainda não chegou o momento de se comprometer com um grande clube, seja na Europa ou em Camarões. Por enquanto, ele decidiu permanecer no Azur Star de Yaoundé, centro de formação fundado há alguns anos por sua mãe.

No entanto, houve outro convite importante que o jovem prodígio aceitou. Em maio deste ano, logo após a conquista continental, ele foi convocado pelo técnico da seleção principal de Camarões, Clarence Seedorf, e se tornou o primeiro jogador de 17 anos a integrar a equipe desde um certo Samuel Eto’o.

Uma grande família

“Fui muito bem acolhido”, conta Mvoué. “Eu já tinha tido a oportunidade de conhecer Zambo Anguissa, Ambroise Oyongo, Jack Zoua e André Onana, o que facilitou a minha integração. Mas os outros também foram muito gentis.”

Não é de hoje que os Leões Indomáveis formam uma grande família. Afinal, o selecionado já contou com os Biyick (André-Kana, François-Oman, Jean-Armel), com os Matip (Joel e Marvin) e com os Song (Rigobert e Alex). Agora, os Mvoué também figuram nessa lista ilustre.

Enquanto aguarda pela estreia na seleção principal, Mvoué voltará a vestir o uniforme camaronês com a equipe sub-17 no Brasil 2019. “Tenho muito prazer em jogar com essa equipe”, diz ele. “Somos guerreiros. Não desistimos nunca. Mas isso é o mínimo para se ter sucesso em uma competição como a Copa do Mundo Sub-17”, avalia.

Explore esse tópico

Matérias recomendadas

Gyorgy Kommaromi of U17 Hungary celebrate after scoring

Copa do Mundo Sub-17 da FIFA

Hungria sonha com nova "geração de ouro" 

13 set 2019

New Zealand's Oskar Van Hattum (L) during the 2018 OFC U-16 Championship

Copa do Mundo Sub-17 da FIFA

Caçula do clã Van Hattum está pronto para o Brasil

14 ago 2019

Emblem of FIFA U-17 World Cup Brazil 2019

Copa do Mundo Sub-17 da FIFA

Emblema do Brasil 2019 é apresentado ao público

10 jul 2019