Copa do Mundo da FIFA Sub-17 Brasil 2019™

Copa do Mundo da FIFA Sub-17 Brasil 2019™

26 de outubro - 17 de novembro

Copa do Mundo Sub-17 da FIFA

Oristanio, um golaço e um aviso: "podemos chegar mais longe"

Gaetano Oristanio of Italy celebrates a scored goal against Ecuador - FIFA U-17 World Cup Brazil 2019
© Getty Images
  • Itália já está nas quartas de final do Mundial Sub-17
  • A equipe europeia venceu Equador por 1 a 0 em Vitória
  • Oristanio marcou gol da vitória com chute de 30 metros

Foram 120 segundos que podiam ter feito a balança pender para um lado ou o outro. Este seria um bom resumo dos instantes entre os 30 e 31 minutos do segundo tempo do encontro entre Equador e Itália pelas oitavas de final da Copa do Mundo Sub-17 da FIFA Brasil 2019.

Faltando 15 minutos para o final, a seleção sul-americana teve um pênalti marcado ao seu favor. Johan Mina já estava preparado para executar a cobrança, mas o árbitro Chris Beath mudou o seu veredito após consultar o VAR e determinou tiro de meta a favor da Itália.

Apenas alguns segundos depois, houve uma falta no campo contrário, a 30 metros de distância da meta equatoriana. O chutaço de Gaetano Oristanio acabou no fundo da rede depois de a bola descrever uma curva inverossímil no ar.

“Decidi chutar diretamente ao gol pouco antes de cobrar a falta”, conta o meio-campista ao FIFA.com. “Sempre fico depois dos treinos praticando esse tipo de cobranças”.

“Foi um gol muito importante, mas também é preciso dizer que tivemos um pouco de sorte quando anularam o pênalti”.

Foi o primeiro gol no torneio do meia da Internazionale de Milão, que já deu duas assistências até o momento. Na estreia no Mundial contra as Ilhas Salomão (5 a 0), ele ficou no banco, mas com o México jogou quase 20 minutos e deu o passe para o gol do triunfo por 2 a 1 nos descontos.

Oristanio foi titular no último compromisso italiano da fase de grupos, que acabou com uma derrota por 2 a 1 para o Paraguai. Nesse encontro, voltou a dar uma assistência, pegando o rebote de uma falta dentro da área. No entanto, o seu técnico decidiu substituí-lo aos dez minutos do segundo tempo. No jogo contra o Equador, Oristanio entrou em campo depois do intervalo.

O fato é que a sua qualidade com a bola parada e os seus chutes de longa distância já deram muito o que falar na Europa. Em meados deste ano, Oristanio deu adeus à rotina do Atalanta e se transferiu para a Inter, onde não demorou em se destacar.

Na Liga Juvenil da UEFA, marcou um impecável gol de falta nada menos do que contra o Barcelona. Algumas semanas antes, também balançou as redes com uma cobrança rasteira de 20 metros de distância contra o Slavia de Praga.

Agora, a seleção italiana sub-17 acredita que pode ao menos igualar o resultado obtido pelos compatriotas na Copa do Mundo Sub-20 da FIFA Polônia 2019, disputada entre maio e junho. Na ocasião, eles acabaram na quarta colocação ao perder a disputa do bronze justamente para o Equador, por 1 a 0. O quarto lugar é, além disso, o melhor resultado da Itália em um Mundial Sub-17 (no Canadá 1987). Será possível superar essa marca?

"Graças a esse gol, agora enfrentaremos o Brasil. Com certeza o estádio estará cheio e a torcida apoiará o nosso adversário", observa Oristanio. "Mas não resta dúvida de que temos qualidade suficiente para ganhar deles e chegar ainda mais longe", conclui confiante.

Explore esse tópico

Matérias recomendadas