Elaboração do ranking feminino
© Foto-net

Como é elaborado o ranking mundial feminino da FIFA

Observações gerais

No ranking mundial feminino da FIFA, as seleções estão classificadas de acordo com a sua força real. Uma das vantagens deste sistema é que se pode obter uma quantidade considerável de informações sobre a posição e o número de pontos de uma equipe nacional.

Justificativa do ranking mundial feminino da FIFA
  • Promoção do futebol feminino
  • Avaliação realista, que coloca cada seleção no lugar que lhe corresponde
  • Análise estatística da situação do futebol feminino
  • Igual importância para o futebol feminino e para o masculino
  • Fundamento sólido: mais de 3000 jogos desde 1971


Embora um pouco de matemática seja inevitável, o método empregado na elaboração do ranking é de fácil compreensão e permite que todas as partes interessadas entendam o sobe-e-desce das seleções, ou mesmo que façam elas próprias o cálculo da pontuação. Como a primeira partida foi disputada há pouco mais de 30 anos (o primeiro jogo internacional feminino reconhecido pela FIFA aconteceu no dia 17 de abril de 1971, entre França e Holanda), foi possível catalogar os dados sobre as seleções nacionais femininas de maneira completa.

Principais critérios do ranking mundial feminino da FIFA
  • Resultado da partida
  • Partida realizada em casa, fora, ou em campo neutro
  • Importância da partida
  • Diferença de posição no ranking entre as duas seleções


Fundamentos do método de elaboração do ranking

A fórmula básica do ranking mundial feminino da FIFA (WWR) é bem simples:

novo WWR = último WWR + (real - previsto)

O resultado da partida é convertido em um valor denominado "real" na fórmula acima. Através de alguns cálculos, a diferença de pontuação (força) entre os adversários é transformada no chamado valor "previsto".

Se o valor "real" for maior, a nova posição no ranking será mais alta do que a antiga o que é justo, já que a seleção terá tido um aproveitamento melhor do que o esperado. A seleção que ficar aquém da expectativa perderá a mesma quantidade de pontos a ser atribuída ao adversário. O resultado "previsto" será maior do que o resultado "real", ou seja, a seleção não teve um aproveitamento conforme o esperado.

A conclusão que pode ser extraída desta regra básica é que o número de pontos que uma seleção obtém pela vitória depende da força do adversário. A vitória sobre uma seleção mais modesta praticamente não melhora a classificação no ranking, ao passo que a vitória sobre uma seleção mais forte é recompensada com um aumento nítido da pontuação.

Resultado real da partida

O resultado real da partida é expresso na forma de uma "porcentagem real da partida", simbolizada por A.
Obviamente, o critério mais importante é ganhar ou perder. No entanto, o saldo e a quantidade de gols marcados também são levados em consideração.

Partida realizada em casa, fora ou em campo neutro

Para corrigir o valor em função da vantagem de jogar em casa, o número de pontos da seleção mandante sofre um aumento H. Se observarmos os resultados, perceberemos que, historicamente, as equipes têm melhor aproveitamento em casa do que fora; os mandantes conquistam 66% dos pontos, enquanto os visitantes ficam com 34% dos mesmos. A fim de neutralizar este efeito, faz-se uma correção que incrementa a pontuação da seleção mandante em 100 pontos (equivalente a 64%).

Importância da partida

Em comparação com os amistosos, as partidas de competição são um indicador muito mais exato da força de uma seleção.
Este elemento é levado em conta através da introdução de um fator de importância da partida, chamado fator M, cuja diferença máxima entre as competições é quatro.

Diferença de pontuação

A diferença de pontuação entre dois adversários é utilizada na previsão do resultado da partida. Para cada seleção, a "porcentagem prevista da partida", simbolizada por P, equivale a um valor entre 0 e 1, em função da diferença de pontuação.

O índice é escolhido de modo que a melhor seleção do mundo possa obter pontuação superior a dois mil. Já as seleções estreantes podem ganhar cerca de mil pontos.

Conclusão

A Copa do Mundo Feminina da FIFA já é um evento estabelecido do calendário esportivo internacional. Depois da primeira edição da Copa do Mundo Sub-19 Feminina da FIFA, realizada em 2002 no Canadá, a FIFA lançou o ranking mundial feminino para estimular o desenvolvimento de uma das áreas que mais cresce no futebol. O ranking mundial feminino da FIFA foi criado para oferecer uma imagem detalhada da força atual das seleções nacionais da modalidade. "O futuro do futebol é feminino".