Erguido em uma área aterrada do Rio Guaíba, um dos cartões-postais de Porto Alegre, o Beira-Rio é a casa do Sport Club Internacional, que divide com o arquirrival Grêmio os holofotes do polarizado futebol gaúcho. Cenário de tantos Gre-nais emocionantes e de quatro decisões da Copa Libertadores da América, o estádio se prepara para sua mais importante missão: receber cinco jogos da Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014™, um deles válido pelas quartas de final do torneio.

Maior estádio da região Sul do país, o “Gigante do Beira-Rio”, batizado Estádio José Pinheiro Borda, foi inaugurado em 1969 depois de quase uma década de obras em que a participação da torcida do Inter foi efetiva: os colorados contribuíram com tijolo, cimento e ferro, e alguns chegaram a deixar o Estádio dos Eucaliptos quando o time ia mal para “torcer” pelos pedreiros que trabalhavam no Beira-Rio.

O projeto de modernização do Beira-Rio, custeado pelo próprio Internacional através do programa “Gigante para Sempre”, tem como ponto alto a instalação de uma inovadora cobertura metálica que protegerá os assentos, as rampas e o acesso aos portões. O projeto modular foi adotado para garantir a agilidade da construção, dividida em etapas, e evitar a interdição do estádio durante as obras. Depois da reforma, o Beira-Rio terá capacidade para 43.394 espectadores.

Partidas

Ver no seu fuso horário