Brasil segue Argentina e é eliminado
© AFP

Pela primeira vez desde 1979, a Seleção Brasileira foi eliminada na primeira fase do Campeonato Sul-Americano Sub-20. Podendo se classificar até com um empate por 2 a 2, o Brasil foi derrotado por 2 a 0 pelo Peu e encerrou sua participação no torneio disputado na Argentina na última colocação do Grupo B, atrás da Venezuela apenas pelo saldo de gols.

O time dirigido pelo técnico Emerson Ávila sofreu o primeiro gol aos 23 minutos do primeiro tempo. Yordi Reina recebeu lançamento longo e tocou no canto do goleiro Luiz Gustavo.

Na volta do intervalo, a Seleção voltou a campo com o jovem Mattheus no lugar do santista Felipe Anderson. O gremista Leandro também foi sacado e deu lugar a outro flamenguista: o meia-atacante Adryan.

Apesar das mudanças, grande chance acabou sendo peruana. O meia Cristian Benavente, do Real Madrid B, tabelou com Diego Chávez e parou em boa defesa de Luiz Gustavo. No rebote, Jean Deza concluiu para o gol, e o botafoguense Dória salvou na última hora.

Os brasileiros seguiram sem apresentar poder de reação, insistindo em lançamentos longos para o centroavante Bruno Mendes. Além de não levar perigo ao goleiro Angelo Campos, a Seleção ainda foi incomodada pelos velozes contra-ataques peruanos.

Em um deles, Flores aproveitou rebote de bola na trave que bateu nas costas de Luiz Gustavo e tocou para o gol vazio para selar a vitória e a classificação. Desta forma, o Brasil, que havia partido ao ataque na pressão, saiu do gramado do estádio Bicentenário sem a vaga no hexagonal final.

Mais cedo, o Uruguai até facilitou a vida dos brasileiros ao empatar em 2 a 2 e eliminar a Venezuela. A Vinho Tinto precisava de uma vitória para igualar os cinco pontos do Equador e sonhar com a classificação, mas acabou frustrada com o empate. Josef Martínez abriu o placar para os venezuelanos e Diego Rolán deixou tudo igual. Juan Año recolocou a Venezuela em vantagem, mas Nicolás López definiu o resultado.

Desta maneira, o Grupo B termina com o Peu na primeira colocação com sete pontos, contra seis do vice-líder Uruguai e cinco do Equador. Eliminados, Brasil e Venezuela ficaram com quatro pontos. No Grupo A, Chile, Colômbia e Paraguai garantiram vaga, enquanto Bolívia e a anfitriã Argentina também estão eliminadas.