Ucar: "Temos uma grande responsabilidade"
© LOC

O ano mal começou, mas há pessoas que já conseguem prever que 2013 será muito especial para elas. Este é o caso de Feyyaz Ucar. O ex-atacante da seleção turca terá a grande honra de ser o técnico do seu país na Copa do Mundo Sub-20 da FIFA 2013, que acontecerá justamente na Turquia. Com muita confiança e criatividade, o treinador de 49 anos tem esperanças de que os seus comandados poderão causar sensação no Mundial.

"O fato de que vamos organizar o segundo maior torneio da FIFA em sete cidades do país está despertando muito entusiasmo", afirmou Ucar em entrevista ao FIFA.com. "Mas com isso também teremos uma grande responsabilidade."

Como jogador, Ucar brilhou no ataque do Besiktas, disputando 320 jogos e marcando 170 gols pelo clube de Istambul, além de ter participado de 25 partidas e balançado as redes sete vezes pela seleção. Com esse currículo, ele sabe bem que os torcedores turcos são apaixonados por futebol, mas também são exigentes e querem ver a sua seleção conquistar o maior número de vitórias possível.

Cerca de cinco meses antes do pontapé inicial do torneio, que será dado em 21 de junho, Ucar está com sede de vitória e muita autoconfiança, mas também sabe que precisa manter os pés no chão. Por um lado, ele sabe que o futebol turco sempre tem potencial para se transformar em uma grande surpresa, mas também deseja resguardar o jovem selecionado das cobranças exageradas. "Não queremos estabelecer objetivos muito altos para não colocar muita pressão sobre os garotos", comentou o técnico. "Estamos pensando inicialmente em passar da fase de grupos. Este será um passo importante para nós."

Ninguém duvida que a Turquia tem condições de surpreender e chegar longe no Mundial Sub-20, principalmente se recordarmos grandes campanhas turcas em outras competições, como na Copa do Mundo da FIFA 2002 e na Eurocopa 2008, torneios em que o país conseguiu chegar às semifinais. "Depois da primeira fase, toda partida vai ficar parecendo uma final, graças ao apoio dos nossos torcedores", disse Ucar. "Com a vontade e o talento dos jogadores, queremos chegar o mais longe possível."

Uma questão de mentalidade
Os preparativos estão em ritmo acelerado. No ano passado, as seleções sub-18, sub-19 e sub-20 da Turquia disputaram um total de 38 jogos. Além disso, o auxiliar técnico Emre Asik, que chegou a disputar como jogador a Copa do Mundo Sub-20 da FIFA Austrália 1993, contribui contando aos atletas sobre as suas "incríveis experiências" naquele torneio.

"Atualmente, os jovens jogadores conhecem muito bem a importância de participar de uma Copa do Mundo Sub-20", afirmou Ucar. "Quanto mais se aproxima o dia da estreia, mais sérios e concentrados eles estão ficando. Jogar uma Copa do Mundo não é algo comum na carreira de um jogador."

Em meio a tanta seriedade e concentração, a euforia também transparece nas palavras do técnico. "Duas das nossas três partidas da fase de grupos acontecerão em Trebizonda, enquanto a terceira será em Rize", observou Ucar, que mostrou não ter dúvidas de que receberá apoio maciço dos torcedores. "Como jogador, costumava atuar muito nessas duas cidades e sei que a paixão pelo futebol é muito grande por lá."

A partir do dia 25 de março, o treinador poderá fazer ainda mais planos, já que nesta data será realizado o sorteio dos grupos da Copa do Mundo Sub-20 da FIFA 2013.

No entanto, engana-se quem pensa que a seleção turca será impulsionada apenas pelo aspecto mental de contar com o apoio da própria torcida. Ucar está convicto de que a sua equipe será muito forte. "Tenho jogadores com muita criatividade", afirmou ele. "Muitos poderiam ser descritos como protagonistas do nosso elenco. No entanto, acredito que a minha seleção vai impressionar também coletivamente, e não apenas por causa de um ou dois jogadores principais."

Ucar aproveitou ainda para revelar a receita do sucesso. "Precisamos pensar e partir para cima com mais rapidez", comentou o treinador, que também admitiu que a sua equipe precisaria aproveitar melhor as chances que cria. "Se conseguirmos acabar com as nossas dificuldades em situações de bola parada, o que é um problema geral do futebol turco, teremos condições de buscar a vitória em qualquer partida."

Um grande sonho pela frente
Esta será a terceira participação da Turquia na história da Copa do Mundo Sub-20 da FIFA. Na Austrália 1993, torneio vencido pelo Brasil, o país foi eliminado na fase de grupos. Doze anos mais tarde, na Holanda 2005, os turcos passaram da primeira fase, mas foram eliminados pela Espanha nas oitavas de final.

Desta vez, Ucar acredita que os dois gigantes sul-americanos são mais uma vez favoritos ao título, ao lado de Espanha e Portugal. "Mas é claro que, como em todo torneio, haverá surpresas que darão um tempero extra ao Mundial", palpitou o técnico com um leve sorriso. Não é preciso ser adivinho para saber qual seleção Ucar tem em mente ao falar sobre uma possível surpresa na Copa do Mundo Sub-20 da FIFA Turquia 2013...