Gana
© Getty Images

Ontem
Gana já disputou duas Copas do Mundo Femininas Sub-20 da FIFA, mas ainda tenta passar da fase de grupos pela primeira vez. Os torcedores ganeses são unânimes em afirmar que tiveram azar nos sorteios dos grupos. Há dois anos, as ganesas caíram na chave de Alemanha, Estados Unidos e China, que somados têm 12 participações em semifinais nos seis Mundiais já disputados. Após três derrotas, elas voltaram cedo para casa. Na Alemanha 2010, Gana também enfrentou os Estados Unidos na fase inicial. As africanas conquistaram um surpreendente empate em 1 a 1 contra o país que defendia o título, mas perderam a seguir da forte equipe da Coreia do Sul. A primeira vitória em Mundiais Sub-20 ocorreu no último jogo da primeira fase: triunfo por 2 a 0 sobre a Suíça. O resultado, porém, foi insuficiente para levar o país aos mata-matas.

Hoje
A seleção de Gana chega ao Canadá sem ter sido testada em jogos competitivos realmente fortes. As ganesas passaram para a fase final das eliminatórias africanas sem terem jogado sequer uma vez, por conta da desistência de Guiné-Bissau (primeira fase) e Uganda (segunda fase). A seguir, eliminaram a Guiné Equatorial e conquistaram a vaga. Perderam o jogo de ida por 1 a 0, mas viraram a situação jogando em casa graças a um gol no comecinho do jogo. Após o tento de Grace Adams, ninguém mais balançou as redes, e uma decisão por pênaltis foi necessária para definir quem iria ao Mundial, ocasião em que as ganesas levaram a melhor, ganhando por 4 a 3. A equipe de Bashir Hayford é experiente: muitas das jogadoras participaram do Mundial Sub-17 no Azerbaijão, quando Gana chegou em terceiro lugar, e da última edição da Copa do Mundo Feminina Sub-20 da FIFA.

Amanhã
O técnico Hayford admite que a equipe foi pouco testada nas eliminatórias. Porém, o período de treinamentos na Europa e a própria Copa do Mundo devem manter o futebol feminino ganês no rumo certo. Ele também se diz ansioso para dar a outras jogadoras de Gana a oportunidade de integrarem o plantel convocado para o Mundial. "Vamos fazer uma busca por todo o país para ver se há outras meninas escondidas por aí capazes de ajudarem a seleção, pois a equipe sub-20 é a seleção do futuro em cada país", analisa.