Brasil
© FIFA.com

Ontem
A Seleção Brasileira feminina esteve em todas edições e quase sempre fez boas campanhas na Copa do Mundo Feminina Sub-20 da FIFA. Em 2002, 2004 e 2006, as meninas do brasil conquistaram dois quartos lugares e um terceiro posto, respectivamente. Em 2008, a Seleção não deu sorte e teve de enfrentar a Alemanha já nas oitavas de final. As germânicas triunfaram por 3 a 2 e terminaram com o terceiro lugar na competição. Em 2010, o brasil não passou da primeira fase, após estrear com derrota por 1 a 0 para a Coreia do Norte e empatar em 1 a 1 com a Suécia. Nem uma goleada por 4 a 1 em cima da Nova Zelândia, na última rodada, evitou a eliminação. Na última edição, em 2012, no Japão, a Seleção novamente caiu na primeira fase, após empates com Itália e Nigéria e uma derrota para a Coreia do Sul.

Hoje

O Brasil viaja ao Canadá como campeão sul-americano pela sexta vez. A hegemonia da Seleção, que venceu todas edições já disputadas do torneio continental, foi mantida com uma vitória por 2 a 0 sobre o Paraguai na final. Andressa, de pênalti, abriu o placar aos 35 minutos do primeiro tempo, após falta em cima de Ludmila dentro da área. Na segunda etapa, foi a vez de Ludmila balançar as redes. A atacante recebeu a bola de Andressa, driblou duas zagueiras e tocou na saída da goleira adversária. As meninas do Brasil terminaram a competição invictas, com seis vitórias e um empate. “Tivemos bom desempenho nos jogos, tivemos bons resultados e nada mais justo que ficássemos com a vaga para a Copa do Mundo e a medalha de ouro”, disse Patrícia Sochor.


Amanhã
A equipe Sub-20 sempre foi o melhor campo de testes para as meninas que chegaram à Seleção Brasileira principal. Um exemplo recente é o de Darlene, que atuou pela Sub-20 em 2007, 2009 e 2010. Em dezembro de 2013, a atacante fez sua estreia na equipe adulta, atuando diante do Chile no Torneio Internacional de Brasília.