Coreia do Norte
© Getty Images

Ontem
A Coreia do Norte está entre as seleções mais bem-sucedidas da Copa do Mundo Feminina Sub-20 da FIFA em todos os tempos. Apesar de ficarem de fora das duas primeiras edições, em 2002 e 2004, elas sagraram-se campeãs na Rússia 2006 logo na campanha de estreia. Mantiveram o alto nível no Chile 2008, perdendo o título apenas na decisão para os Estados Unidos. Elas passaram pela fase de grupos nas últimas duas Copas do Mundo, mas foram eliminadas em ambas pelas equipes que conquistariam o título. Na Alemanha 2010, caíram nas quartas de final, e há dois anos, no Japão, perderam dos Estados Unidos na prorrogação, também nas quartas.

Hoje 
Depois de vencer o Campeonato Asiático Feminino Sub-19 em 2007, a Coreia do Norte chegou à edição do ano passado buscando reconquistar a hegemonia continental. E a equipe mostrou as garras logo na estreia, goleando a Austrália por 6 a 2 com três gols da atacante Ri Un Sim. As norte-coreanas continuaram a grande campanha ganhando da anfitriã China por 1 a 0, bateram Mianmar por 2 a 0, mas perderam da vizinha Coreia do Sul por 2 a 1 de forma inesperada. Apesar disso, seguraram um empate sem gols com o Japão, resultado suficiente para garantir a vaga ao Mundial.

Amanhã 
Assim como as gerações anteriores, a Coreia do Norte atual possui padrão de jogo e qualidades que a tornam uma equipe muito perigosa quando está no ataque. O marcante espírito de luta ficou claro na vitória por 1 a 0 sobre a China, jogo em que as meninas deram tudo de si para derrotar a equipe da casa. No seu setor de frente estão a artilheira Ri Un Sim e a companheira Kim So Hyang. Jon So Yon é o grande destaque do meio-campo.