FIFA 13 traz a verdadeira imprevisibilidade do futebol

No início deste ano, o FIFA 13 da EA Sports foi escolhido por jornalistas e críticos o melhor jogo de esporte da E3, principal feira internacional de videogames. Os críticos elogiaram a inovação e o realismo e previram que a edição 2013 fará o mesmo sucesso. Isso não é pouca coisa, considerando-se que o FIFA 12 foi o maior game de esportes de todos os tempos, com mais de 3,7 milhões de unidades vendidas na primeira semana. O FIFA.com antecipa algumas das principais novidades do FIFA 13, que será lançado na Europa no dia 28 de setembro.

Inteligência ofensiva
Esta é uma das novidades mais marcantes do novo jogo. Os jogadores podem planejar até duas jogadas com antecedência e analisar o espaço à sua volta de forma a correr para fugir do impedimento, atrair a marcação e abrir corredores para os companheiros de equipe. Os atacantes podem ocupar melhor os espaços abertos e levar mais perigo à defesa adversária.

Domínio completo
O sistema de fintas e dribles está ainda mais realista, o que não poderia ser diferente em um jogo que tem na capa ninguém menos do que Lionel Messi. Os gamers terão maior liberdade em lances individuais, combinando jogadas já conhecidas com uma mobilidade em 360 graus. Jogadores de grande técnica, como o próprio Messi, serão os maiores beneficiados.

Controle de primeira
Este recurso torna muito mais realista a maneira como os jogadores dominam a bola. Como no futebol de verdade, nem todos os jogadores em campo vão ter um controle perfeito, o que criará mais oportunidades para a defesa recuperar a bola após jogadas mal executadas.

Mesmo antes de ser lançado, o FIFA 13 já parece mais realista do que a versão anterior. Em setembro, quatro ex-campeões da FIWC farão uma viagem exclusiva à sede da EA Sports em Vancouver para testarem o novo jogo e conhecerem os criadores. Não se esqueça de seguir @FIWC no Twitter para acompanhar a viagem dos campeões ao lar do FIFA 13