Parabéns a você!
© AFP

O FIFA.com homenageia grandes nomes do futebol que comemoram aniversário na semana que se inicia. Entre eles está o craque Neymar, que apesar da pouca idade atrai a atenção de todo o mundo com seu talento fora de série.

03/02 — Óscar Córdoba (43) deixou uma marca indelével na história da seleção colombiana. Depois de ter disputado a Copa do Mundo da FIFA Estados Unidos 1994, foi uma das peças chave na primeira Copa América conquistada pela Colômbia, em 2001. O título garantiu vaga na Copa das Confederações da FIFA 2003, oportunidade em que os colombianos ficariam com a quarta colocação. Pelo América de Cali, faturou o Campeonato Colombiano antes de se transferir para o Boca Juniors. Lá, foi tricampeão argentino, bicampeão da Libertadores e campeão da Copa Intercontinental. Após passagem relâmpago pelo Perugia, sagrou-se campeão turco com o Besiktas. Assinou em seguida com o Antalyaspor, retornando a seu país natal para vestir a camisa do Deportivo Cali. Pendurou as chuteiras no Millonarios.

04/02 — Érika (25) conquistou a vaga de titular na seleção brasileira durante a Copa do Mundo Feminina da FIFA Alemanha 2011. As participações consecutivas da jogadora na Copa do Mundo Feminina Sub-20 da FIFA culminaram com a obtenção do quarto e terceiro lugares, na Tailândia 2004 e na Rússia 2006 respectivamente. Érika participou das duas últimas edições do Torneio Olímpico de Futebol, sagrando-se vice-campeã em Pequim 2008. Deu seus primeiros chutes com a camisa do Santos, de onde foi transferida para o americano Gold Pride. Após nova passagem pelo alvinegro praiano, assinou, na temporada passada, com o Centro Olímpico.

05/02 — Neymar (21) é um dos talentos mais promissores do Brasil, que conta com o craque para tentar colocar as mãos na taça da próxima Copa do Mundo da FIFA. Este jovem gênio do futebol estreou pela Seleção na Copa do Mundo Sub-17 da FIFA Nigéria 2009. Alguns anos depois, em 2001, faturou a Copa Sul-Americana Sub-20 e garantiu uma vaga no grupo que disputaria a Copa América daquele mesmo ano. Com a seleção olímpica, conquistou a medalha de prata em Londres 2012. Formado no Santos, o craque não demorou muito a se destacar na equipe principal. No embalo de Neymar, o Peixe foi tricampeão paulista, campeão da Copa do Brasil, da Libertadores e da Recopa Sul-Americana, e ainda vice-campeão da Copa do Mundo de Clubes da FIFA 2011. No plano individual, foi eleito o terceiro melhor jogador da competição, ficando atrás de Messi e Xavi. Sua qualidade ofensiva fora do comum lhe garantiu ainda a artilharia da Copa Sul-Americana Sub-20 e da Libertadores. Vencedor do Prêmio Puskás da FIFA, que contempla o gol mais bonito do ano, o atacante ostenta também os prêmios de Melhor Jogador do Brasil e da América do Sul em 2011.

06/02 — Lisa Dahlkvist (26) contribuiu em muito com o retorno do combinado sueco ao pódio da Copa do Mundo Feminina da FIFA. Aconteceu em 2011, após oito anos de vacas magras. Além disso, ajudou a levar a Suécia às quartas de final do Torneio Olímpico de Futebol em Londres 2012, uma campanha considerada satisfatória. Antes disso, disputara a Euro Feminina 2009. Defendeu as cores de Umea e Kopparbergs/Göteborg, assinando na temporada passada com o Tyreso, clube com o qual se sagrou campeã sueca.

07/02 — Daniel Van Buyten (35) alia uma força física indispensável a qualquer grande zagueiro com um faro de gol surpreendente para um jogador da posição. Esteve presente na última campanha belga na Copa do Mundo da FIFA, em 2002. Iniciou a carreira pelo Charleroi, de onde saiu para defender o Standard de Liège. Após passagem pelo Olympique de Marselha, assinou com o Manchester City. Em seguida, decidiu encarar o futebol alemão vestindo as cores do Hamburgo, onde sua qualidade defensiva acabou chamando a atenção do Bayern de Munique. Com o novo clube, foi bicampeão alemão e da Copa e da Supercopa da Alemanha, faturando também a Copa de Liga. Não obteve o mesmo sucesso no plano continental, deixando escapar a Liga dos Campeões da UEFA na final em duas das últimas três temporadas.

08/02 — Clarence Acuña (38) entrou para a história como um dos principais jogadores que já vestiram a camisa do Chile, tendo defendido o país na Copa do Mundo da FIFA França 1998 e em três edições consecutivas da Copa América. Seu principal feito com a seleção chilena, no entanto, foi a quarta colocação obtida no torneio continental de 1999, disputado no Paraguai. Bastante rodado, Acuña teve maior destaque em suas passagens por O'Higgins e Universidad de Chile. Com La U, foi bicampeão chileno e conquistou a Copa do Chile. Suas paradas seguintes foram no futebol inglês, com o Newcastle, e na Argentina, onde defendeu o Rosario Central. O meio campista retornou a seu país natal para atuar por Unión Española e Deportes Concepción, e para pendurar as chuteiras com o La Serena.

09/02 — Gordon Strachan (56) deixou seu nome registrado nos autos do futebol escocês ao defender seu país na Copa do Mundo da FIFA Espanha 1982 e México 1986. Revelado pelo Dundee, precisou esperar até vestir a camisa do Aberdeen para se sagrar bicampeão nacional e tricampeão da Copa da Escócia, conquistando ainda a Recopa Europeia e a Supercopa da Europa, em 1983. Transferido para o Manchester United, adicionou o vice-campeonato da liga inglesa ao currículo. Sem se cansar da troca de times, fez as malas para defender o Leeds United, clube com o qual foi campeão da segunda divisão do Campeonato Inglês, da Premier League e do Charity Shield (disputa entre os campeões da Premier League e da Copa da Inglaterra). Seu desempenho dentro das quatro linhas lhe rendeu o título de Melhor Jogador da Inglaterra em 1991. Seus últimos chutes como profissional foram dados com a camisa do Coventry City. Já no cargo de técnico, dirigiu Coventry e Southampton, levando este último à final da Copa da Inglaterra. De volta à Escócia, conduziu o Celtic ao tricampeonato nacional e ao bicampeonato da Copa da Liga, faturando também uma Copa da Escócia. Acaba de ser nomeado treinador da seleção escocesa e espera poder levar seu país ao Brasil para a disputa da Copa do Mundo da FIFA 2014.