Cenário perfeito para um grande torneio
© Getty Images

A Copa do Mundo de Clubes da FIFA 2012 atraiu torcedores de vários países ao Japão. Em busca de bom futebol, os espectadores não se decepcionaram com a emoção e o drama dos confrontos entre os campeões continentais.

Além disso, também puderam desfrutar da deslumbrante paisagem da Terra do Sol Nascente. Um exemplo é o Monte Fuji, que ostenta um cone simétrico e uma elegância impressionante.

Ele pode ser visto de Yokohama, cenário da vitória do Corinthians sobre o Chelsea, e de Tóquio — como observado durante o pôr do sol na foto acima. 

Maior montanha do país, o Monte Fuji é um vulcão ativo e fica coberto de neve vários meses por ano. É também um símbolo do Japão e motivo de muito orgulho.

Outra coisa que orgulha muito os japoneses é sediar a maior competição de futebol interclubes. A nação organizou todas as edições da Copa Intercontinental após a mudança de formato para jogo único (de 1980 a 2001 em Tóquio, e de 2002 a 2004 em Yokohama) e já recebeu seis vezes a Copa do Mundo de Clubes da FIFA. Com habitantes maravilhosamente acolhedores e uma excelente organização, o Japão mais uma vez fez um excelente trabalho em 2012.