Parabéns a você!
© Getty Images

O FIFA.com traz a você uma nova série de celebridades do futebol que comemoram aniversário na semana que se inicia. Veja quem são eles.

02/12 — Francesco Toldo (41) faz parte de um círculo bastante restrito de goleiros italianos. Teve participação direta na caminhada da Azzurra até a final da Euro 2000, defendendo três penalidades máximas contra a Holanda na semifinal — uma no tempo normal e duas na disputa por pênaltis. Iniciou sua história no futebol com equipes de menor expressão, assinando mais tarde com a Fiorentina, então na segunda divisão. Passaria vários anos no novo clube, levando-o de volta à elite e conquistando duas Copas e uma Supercopa da Itália. Após oito temporadas, não resistiu ao chamado da Inter de Milão, time com o qual se sagrou pentacampeão italiano e tricampeão da Copa e da Supercopa da Itália, e onde faturou a cobiçada Liga dos Campeões da UEFA. Após o sucesso continental, decidiu pendurar as luvas.

03/12 — Michael Essien (30) é um dos maiores embaixadores para o futebol ganês e africano. Disputou três grandes competições internacionais: a Copa do Mundo da FIFA Alemanha 2006, primeira participação de Gana no torneio, a Copa do Mundo Sub-17 da FIFA Nova Zelândia 1999 e a Copa do Mundo Sub-20 da FIFA Argentina 2001, quando os estrelas negras se sagraram vice-campeões, atrás apenas da seleção da casa. Esteve presente também em três edições da Copa Africana de Nações, chegando na terceira posição em 2008 e sendo vice-campeão em 2010. Em seu país natal, foi revelado pelo Liberty Professionals, de onde se mudou para o francês Bastia. Já com as cores do Lyon, destacou-se como um dos melhores meias da Ligue 1, sagrando-se bicampeão nacional e da Supercopa da França. Em seguida, assinou com o Chelsea, sendo bicampeão inglês, tetracampeão da Copa da Inglaterra e conquistando ainda a Copa da Liga, o Community Shield (disputa entre os campeões da Premier League e da Copa da Inglaterra) e, na última temporada, a Liga dos Campeões da UEFA. Nos anos recentes, diversas lesões deram uma freada em sua bela trajetória, mas José Mourinho, técnico do meia nos Blues, conseguiu seu empréstimo ao Real Madrid pouco antes do fechamento da última janela de transferências. No âmbito individual, foi eleito como o melhor jogador ganês de 2008.

04/12 — Guillermo Amor (45) foi uma das principais peças da antiga geração do Barcelona. Ajudou a equipe azul-grená a se reencontrar com a glória continental ao conquistar a Liga dos Campeões da UEFA, diante da Sampdoria em Wembley, duas Recopas Europeias e duas Supercopas da Europa. No plano nacional, apresenta com currículo invejável, com cinco títulos do Campeonato Espanhol, três da Copa do Rei e quatro da Supercopa da Espanha. Após ganhar de tudo no Camp Nou, transferiu-se para a Fiorentina antes de se tornar campeão espanhol mais uma vez, agora com o Villarreal. Pendurou as chuteiras quando defendia o escocês Livingstone. Com a seleção espanhola, disputou a Euro 1996 e a Copa do Mundo da FIFA França 1998.

05/12 — Bogdan Stelea (45) foi titular absoluto do combinado romeno por mais de uma década, disputando a Copa do Mundo da FIFA Estados Unidos 1994, quando chegou às quartas de final, e França 1998, além das edições de 1996 e 2000 da Euro. Fora da seleção, teve uma trajetória instável, defendendo a meta de dez equipes em cinco países europeus, entre eles Dínamo, Rapid e Steaua em Bucareste, os espanhóis Mallorca e Salamanca, o turco Samsunspor, o belga Standard de Liège e o grego Akratitos Liosion.

06/12 — Mão (34) é um dos grandes nomes do beach soccer brasileiro, tendo feito parte do tetracampeonato conquistado de forma consecutiva pela Seleção entre 2006 e 2009. Na última edição do torneio, disputada na Itália em 2011, o goleiro se sagrou vice-campeão, ficando atrás da Rússia. Na Copa do Mundo de Beach Soccer da FIFA Dubai 2009, foi premiado com a Luva de Ouro da adidas. Ao todo, disputou 30 partidas ao longo das cinco últimas edições do Mundial da categoria, sendo derrotado em apenas uma: a decisão contra os russos.

07/12 — Linda Bresonik (29) prestou grandes serviços ao futebol feminino da Alemanha, conquistando duas edições da Copa do Mundo Feminina da FIFA, em 2003 e 2007, bem como a medalha de bronze no Torneio Olímpico de Futebol Feminino Pequim 2008 e o título da Copa do Mundo Feminina Sub-20 da FIFA. Em nível continental, faturou duas Euros com a seleção principal e uma com a equipe sub-19. Fez a alegria de diversos clubes alemães, com maior destaque para o 2001 Duisburg, com o qual foi bicampeã da Copa da Alemanha e vice-campeã nacional. Sua maior conquista com a equipe, no entanto, foi a da Liga das Campeãs da UEFA. No início desta temporada, assinou contrato com o Paris Saint-Germain.

08/12 — Geoff Hurst (71) entrou para a história ao marcar três gols na final da Copa do Mundo da FIFA Inglaterra 1966, garantindo a vitória sobre a Alemanha por 4 a 2 e o único título mundial dos ingleses. Até hoje, nenhum outro jogador conseguiu repetir o feito na decisão do maior torneio do planeta bola. Dois anos após se sagrar campeão mundial, Geoff Hurst chegou na terceira colocação da Euro, dando fim à carreira pela seleção após disputar a Copa do Mundo da FIFA México 1970. Vestiu a camisa do West Ham por 13 anos, durante os quais conquistou a Copa da Inglaterra e a Recopa Europeia. Defendeu ainda o Stoke City antes de pendurar as chuteiras com as cores do West Bromwich. Viveu uma breve experiência como treinador, comandando a equipe do Chelsea.