Brasil vence, mas pode perder Falcão
© Getty Images

O Brasil venceu o Japão por 4 a 1 em sua estreia na Copa do Mundo de Futsal da FIFA Tailândia 2012, mas pode ter perdido sua principal estrela, o ala Falcão. O craque deixou a quadra em Nakhon Ratchasima com apenas três minutos de ação ao sentir uma lesão na panturrilha direita e demonstrou pessimismo sobre suas condições de jogo para o decorrer da competição. 

"É algo que preocupa, infelizmente. O sonho de jogar o quarto Mundial pode ter ficado pelo caminho", afirmou. "Vamos fazer exames amanhã, mas é difícil que eu tenha uma sequência."

O veterano de 35 anos chegou a ter sua participação ameaçada no torneio em solo tailandês devido a uma diferente lesão, na coxa direita. Ele acabou liberado ao realizar uma ressonância magnética no dia do embarque da delegação para a Ásia. "Quando tive a lesão um tempo atrás, foi no adutor, mas já estava cicatrizada. Mas acabou sobrecarregando na panturrilha", disse.

Falção já recebeu tratamento com gelo no banco de reservas e deixou a quadra mancando, frustrado. "Passa um filme na cabeça, uma história. São anos esperando este momento, que seria o último Mundial da minha carreira. Acaba o sonho em três minutos, é uma pena. Vou torcer pelo grupo, vai ser sofrido olhar de fora, sem ter a oportunidade de fazer isso de novo, mas vamos torcer."

Em amistoso contra o mesmo Japão, na semana passada, em sua fase de preparação, o Brasil já havia perdido o fixo Ciço devido a uma lesão também na panturrilha. Para o seu lugar, o técnico Marcos Sorato convocou Rato, que joga no futsal espanhol.