Mali encerra série de empates e lidera
© AFP

Após três empates, enfim uma seleção conseguiu sair vitoriosa em um confronto pela Copa Africana de Nações. E foi Mali, que derrotou Níger por 1 a 0 e aproveitou para assumir a liderança do grupo B da competição, beneficiada pelo empate em 2 a 2 no outro confronto da chave, entre Gana e República Democrática do Congo.

 

Assim como nas partidas anteriores, tudo caminhava para mais um empate, mas a vitória de Mali acabou sendo decretada aos 39 minutos do segundo tempo, quando Seydou Keita - ex-jogador do Barcelona e hoje na China - mandou para as redes. Não havia mais tempo de reação para Níger, que amarga assim a lanterna do grupo.

Também no estádio Nelson Mandela Bay, na cidade sul-africana de Port Elizabeth, Gana, dona de quatro títulos da Copa Africana de Nações, perdeu enorme chance de se juntar a Mali na ponta do grupo. A seleção do técnico Akwasi Appiah chegou a abrir vantagem de dois gols, mas não segurou a pressão e cedeu o empate à República Democrática do Congo.

A seleção ganesa abriu o placar aos 40 minutos do primeiro tempo, com Agyemang-Badu. Já aos quatro da etapa final, Asamoah, da Juventus, ampliou a vantagem e deixou a situação teoricamente mais fácil.

No entanto, a República Democrática do Congo encontrou forças para reagir. Aos nove, Mabi recebeu na esquerda da área e bateu cruzado, rasteiro, para descontar e festejar dançando perto da linha lateral. Aos 24, a seleção dirigida pelo técnico francês Claude Le Roy conseguiu o empate, já que o árbitro assinalou um pênalti ao ver um puxão de camisa na área. Mbokani fez a batida e empatou o confronto.

Vale lembrar que o campeão do torneio africano conquistará uma vaga para a próxima Copa das Confederações da FIFA, que será realizada no Brasil.