Itália elimina Inglaterra nos pênaltis e fecha a semi
© AFP

Foi com grande emoção que a UEFA Euro 2012 definiu seu último semifinalista, neste domingo. A Itália venceu a Inglaterra por 4 a 2, nos pênaltis, após empate por 0 a 0 no tempo regular e na prorrogação, e voltou a se colocar entre os quatro melhores do torneio pela primeira vez depois de 12 anos de espera. 

A última vez em que os italianos fizeram tal feito foi em 2000, quando a seleção foi vice-campeã, em sede dividida entre Bélgica e Holanda. Nas semis da competição continental, a Azzurra terá como adversária a Alemanha, em mais um grande clássico europeu.

Os torcedores que compareceram ao Estádio Olímpico de Kiev tiveram a impressão inicial de que o jogo seria muito movimentado. Isto porque logo aos três minutos do primeiro tempo, Daniele De Rossi arriscou lindo chute da intermediária e chacoalhou a trave de Joe Hart. 

Dois minutos depois, Glenn Johnson respondeu e saiu na cara do gol de Ginaluigi Buffon. Sem muito tempo ou espaço para finalizar, o lateral deu um tapa na bola, e o experiente arqueiro italiano brilhou pela primeira vez no jogo, fazendo ótima defesa com reflexo apurado.

Essas foram as melhores chances de gol da partida, mas o primeiro tempo apresentou um jogo bastante agradável, com dois times soltos em campo buscando o ataque. 

A Itália controlou mais a posse de bola durante todo tempo, utilizando o lado esquerdo de seu campo com Federico Balzaretti. A equipe tambeem arriscava muito de fora da área. Já a Inglaterra se recuava, apostando nas arrancadas pelas laterais de Wayne Rooney e Daniel Welbeck, parceiros de Manchester United.

Já na etapa complementar o jogo perdeu um pouco de ritmo. A Azzurra foi superior e buscou o gol nos momentos iniciais, mas, em dia pouco inspirado para os atacante Antonio Cassano e Mario Balotelli, não conseguiu balançar as redes. Poucas chances de gol apareceram e a decisão se encaminhou para a prorrogação.

No tempo extra, as duas seleções nacionais estavam cansadas e pouco criaram. Em uma das únicas oportunidades, Alessandro Diamanti cruzou fechado e a bola tocou na trave de Hart, assustando os ingleses, que já pareciam conformados com a igualdade e a decisão indo para as cobranças de pênalti. Balotelli ainda chegou a balançar as redes, mas o bandeirinha assinalou impedimento.

Na disputa de penalidades, a Itália tomou o primeiro susto. Na segunda cobrança, Riccardo Montolivo chutou para fora. O time voltou para o jogo, no entanto, depois de Ashley Young carimbar o travessão na terceira cobrança inglesa. Na sequência, Buffon acertou o canto, o esquerdo, e defendeu com firmeza a finalização de Ashley Cole. Coube, então, a Diamanti fechar o placar em 4 a 2.