Auckland City

Ontem
Embora tenha apenas dez anos de vida, o Auckland City possui larga experiência na Copa do Mundo de Clubes da FIFA, tendo disputado cinco edições do torneio. Na estreia, em 2006, o clube perdeu para o gigante egípcio Al Ahly por 2 a 0. As participações de 2011, 2012 e 2013 também terminaram na primeira partida, após derrotas para equipes japonesas nos dois primeiros casos e para o Raja de Casablanca, do Marrocos, no ano passado. A melhor campanha dos reis da Oceania foi na edição de Abu Dhabi 2009, em que eles derrotam os donos da casa e os campeões africanos. Na ocasião, as inesquecíveis vitórias sobre Al Ahli e TP Mazembe levaram o clube amador a uma impressionante quinta posição.

Hoje
Auckland City e seu arquirrival Waitakere United são, de longe, os melhores times da Nova Zelândia e da Oceania neste século. O desempenho do Auckland ao longo das temporadas, no entanto, tem seguido um padrão curioso. Soberano no cenário continental, com uma sequência de quatro títulos da Liga dos Campeões da Oceania, o clube vinha sendo constantemente superado pelo Waitakere no âmbito doméstico até este ano, quando faturou o caneco neozelandês após um tetracampeonato consecutivo do rival. Ainda que tenha mantido a supremacia na região, o Auckland passou apuros no torneio continental deste ano. Ao ser derrotada pelo Amicale, de Vanuatu, a equipe deixou escapar a liderança do grupo e só avançou para o mata-mata por ter sido a melhor segunda colocada. Nas semifinais, eliminou os taitianos do AS Pirae com um placar total de 4 a 2, mas perdendo o segundo jogo, fora de casa. E na decisão, precisou de um gol nos últimos minutos do segundo tempo para bater o Amicale por 3 a 2 na soma dos placares.

Amanhã
O elenco do Auckland permaneceu praticamente inalterado ao longo de suas quatro participações consecutivas na Copa do Mundo de Clubes da FIFA, e essa experiência será muito útil aos neozelandeses no Marrocos 2014. Para substituir três de seus principais jogadores, os espanhóis Manel Expósito, Gustavo Souto e Albert Riera, que deixaram o clube recentemente para atuar em times profissionais, o técnico Ramon Tribulietx conseguiu as contratações do inglês John Irving, que já chegou a vestir a camisa do Everton, e do também espanhol Ángel Berlanga, que retornou ao Auckland após uma experiência no Sporting de Goa, da Índia. O campeão da Oceania conta também com alguns dos melhores jovens talentos da liga nacional, mas a estrela da companhia continua sendo Ivan Vicelich, jogador que mais vezes vestiu a camisa da seleção neozelandesa. O incansável zagueiro e capitão da equipe completa 38 anos em 2014, mas tem exibido poucos sinais da idade avançada.