A Copa do Mundo da FIFA
© Foto-net

A Copa do Mundo da FIFA é a maior competição internacional de esporte único e é disputada pelas seleções masculinas principais das 208 federações afiliadas à FIFA. A competição é jogada a cada quatro anos desde a edição inaugural em 1930, à exceção de 1942 e 1946, quando não ocorreu em função da Segunda Guerra Mundial. Ela cumpre com os objetivos da FIFA de sensibilizar o mundo, desenvolver o esporte e construir um futuro melhor de diversas maneiras diferentes.

Formato do torneio
No seu formato atual, a competição envolve 32 seleções que disputam o título em sedes dentro de um país anfitrião (ou países anfitriões) em um período de aproximadamente um mês. Nos três anos anteriores, são realizadas eliminatórias que definem as nações classificadas ao torneio, as quais o disputam juntamente com o país anfitrião (ou os países anfitriões).

As eliminatórias para a Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014 terão 204 países de seis continentes disputando 31 vagas. Nos torneios preliminares para a Copa do Mundo da FIFA África do Sul 2010, 200 seleções disputaram 853 jogos até a classificação de 31 países ao grande evento.

Tanto as eliminatórias quanto a competição em si promovem imensamente o futebol e os países anfitriões. Portanto, constituem ótimas oportunidades para a disseminação do respeito, do jogo limpo e da disciplina.

Compreensivelmente, a execução de um evento deste porte gera enorme trabalho para a FIFA e para o Comitê Organizador Local. Por esse motivo, ele é uma das principais atividades da entidade máxima do futebol mundial durante todo o período de quatro anos.

Nomes e números
As 19 edições da Copa do Mundo da FIFA foram vencidas por oito seleções diferentes. Pentacampeão mundial, o Brasil é o único país a ter disputado todos os torneios. Os outros títulos foram conquistados por Itália (quatro), Alemanha (três), Argentina (dois), Uruguai (dois), Inglaterra, França e Espanha.

A Copa do Mundo da FIFA é o evento esportivo de maior audiência do mundo inteiro. Cerca de 715,1 milhões de pessoas assistiram à final da Copa do Mundo da FIFA 2006 na Alemanha. O evento de 2010 na África do Sul foi transmitido a 204 países por 245 canais diferentes. Dentro dos estádios, 3.170.856 espectadores compareceram às 64 partidas, com uma média de 49.670 por jogo e o terceiro maior público total, atrás dos EUA 1994 e da Alemanha 2006.

Além disso, mais de seis milhões de pessoas participaram de eventos com telões em 16 lugares espalhados pelo mundo: dez na África do Sul e os outros em Roma, Paris, Berlim, Sydney, Cidade do México e Rio de Janeiro. Foram 350 mil os torcedores que compareceram à Fan Fest Internacional da FIFA em Berlim para a semifinal entre Alemanha e Espanha.

Na última Copa do Mundo da FIFA, foram impressos 177.853 crachás de credenciamento. Além disso, o programa de hospitalidade atraiu quase 250 mil hóspedes. Por sua vez, mais de 750 mil litros de cerveja foram vendidos nos estádios, e 390,6 mil cachorros quentes foram comercializados em espaços abertos ao público, muitos deles aos 500 mil estrangeiros que visitaram a África do Sul.

Por meio de parcerias e direitos de transmissão, a Copa do Mundo da FIFA gera importantes recursos para o investimento em atividades sociais relacionadas ao torneio. Por ocasião da África do Sul 2010, foi lançada a campanha "20 Centros para 2010", que teve o objetivo de promover a saúde pública, a educação e a prática do futebol em comunidades carentes do país.

A Copa do Mundo da FIFA também gera recursos para muitos outros programas de desenvolvimento que prestam auxílio às federações afiliadas à FIFA durante todo o ciclo de quatro anos.

As três próximas edições serão sediadas pelo Brasil em 2014, pela Rússia em 2018 e pelo Catar em 2022.