Blatter visita Oeste e Sul da África
© FIFA.com

Epicentro do mundo da bola desde o início da Copa Africana de Nações 2013, em 19 de janeiro, a África se prepara para receber Joseph S. Blatter a partir do próximo dia 6 de fevereiro. O presidente da FIFA fará uma visita de seis dias ao continente, começando pela Mauritânia e passando pela Guiné e por Botsuana antes de terminar em Johanesburgo, na África do Sul, em 11 de fevereiro.

A primeira parada do tour, portanto, será em Nouakchott, capital mauritana, onde Blatter e Ahmed Merhba Ould Abderrahmane, presidente da federação de futebol do país, farão um balanço da cooperação entre a entidade e a nação do noroeste africano. Os dois dias de visita incluem ainda as inaugurações da nova sede da instituição que dirige o futebol local e dos campos de grama sintética do Estádio Cheikha Ould Boidiya, frutos do projeto "Ganhe na África com a África".

"Nosso futebol sofreu de uma crise profunda durante muitos anos", disse o dirigente mauritano ao FIFA.com há alguns meses. A modalidade cessou na Mauritânia e a seleção despencou no ranking mundial por causa da inatividade. Como novo presidente, espero que possamos nos recuperar com a ajuda da FIFA."

Em seguida, Blatter cumprirá agenda movimentada em Conacri, capital da Guiné. O presidente da FIFA visitará as obras da nova sede da Federação Guineana de Futebol (FEGUIFOOT), antes de conhecer o Centro Técnico de Nongo, que em breve ganhará um campo de grama sintética como parte do projeto Goal.

Rumo ao sul
Dois dias depois, a delegação da FIFA seguirá rumo ao sul do continente, mais precisamente a Gaborone, capital de Botsuana, para se reunir com Tebogo Sebego, presidente da Federação Botsuanesa de Futebol (BFA, na sigla em inglês) e Shaw Kgathi, ministro da Juventude, Esporte e Cultura. A programação prevê a inauguração do centro técnico de Lekidi, onde também se contempla a construção de um gramado artificial.

"A visita do presidente Blatter representa um gesto significativo para nós, tanto como federação afiliada quanto como nação. Não é todo dia que se recebe o presidente da FIFA...", destacou o secretário-geral da BFA, Tariq Babitseng.

A viagem do presidente Blatter à África terminará no país dos Bafana Bafana, onde se disputa atualmente a principal competição do futebol continental. No dia 10 de fevereiro, ele assistirá à final do torneio no Estádio FNB (ex-Soccer City), palco do título espanhol há dois anos e meio, na final da Copa do Mundo da FIFA 2010.