FIFA rejeita recursos de Hungria e Bulgária
© Getty Images

No último dia de 25 de janeiro de 2013, o Comitê de Recurso da FIFA apresentou sua decisão sobre as apelações interpostas pelas federações de futebol da Hungria (MLZS) e da Bulgária (BFS). As duas instituições foram notificadas da decisão nesta segunda-feira, dia 4 de fevereiro.

Ambos os recursos foram negados e as decisões do Comitê Disciplinar da FIFA do último dia 20 de novembro de 2012 foram confirmadas em sua totalidade.

A próxima partida em casa da seleção principal da Hungria nas eliminatórias para a Copa do Mundo da FIFA 2014 (Hungria x Romênia, em 22 de março de 2013) será jogada com portões fechados. O Comitê também decidiu multar a MLSZ em 40 mil francos suíços (aproximadamente R$ 88 mil).

Quanto à Bulgária, o próximo jogo em casa de sua seleção principal nas eliminatórias para o Brasil 2014 (Bulgária x Malta, em 22 de março de 2013) também será disputado com portões fechados. O Comitê impôs à BFS uma multa de 35 mil francos suíços (aproximadamente R$ 77 mil).

Tanto a MLZS quanto a BFS foram advertidas com relação a seu comportamento futuro. Caso tais incidentes de natureza racista ou discriminatória ocorram novamente, o Comitê Disciplinar da FIFA não terá outra opção que não seja a de impor punições mais severas, as quais poderão chegar até à perda de uma partida, à dedução de pontos ou à desclassificação de uma competição.