EMIRATES — PRESENÇA GLOBAL NO PATROCÍNIO ESPORTIVO

A parceria entre Emirates e FIFA teve início na Copa do Mundo da FIFA 2006, quando a empresa se tornou a primeira companhia aérea a patrocinar o prestigiado evento esportivo. Seguindo o sucesso do torneio na Alemanha, a Emirates consolidou o seu status como parceiro oficial da entidade até a Copa do Mundo da FIFA 2014.

Na posição de companhia aérea oficial da Copa do Mundo da FIFA 2010, a Emirates levará até a África do Sul torcedores do mundo inteiro, que chegarão ao país durante toda a competição para apoiarem as suas seleções e viverem a inesquecível experiência de uma Copa do Mundo da FIFA.

Sediada em Dubai, a Emirates é uma das companhias aéreas que vêm crescendo de forma mais acelerada no mundo todo. Com apenas 25 anos de existência, a empresa possui hoje uma frota de 146 modernas aeronaves de grande porte, além de receber em média um novo avião por mês. No presente, a empresa realiza voos para 102 destinos em seis continentes a partir do seu terminal internacional em Dubai. Neste ano, lançou duas novas rotas, para Tóquio e Amsterdã, e ainda em 2010 adicionará à sua rede Madri, Praga, Bagdá e Dacar.

Mas hoje os serviços da Emirates vão muito além do transporte de passageiros. A empresa se transformou em operadora de viagem e turismo de grande escala, distribuindo-se em inúmeras divisões e sendo impulsionada sob a tutela do Emirates Group, que conta com mais de 40 marcas e emprega mais de 50 mil pessoas.

A Emirates já recebeu mais de 400 prêmios por excelência no atendimento ao consumidor desde a sua entrada no mercado, além de ter introduzido inovações diversas vezes. Em março de 2008, a empresa anunciou ser a primeira companhia aérea do mundo a possibilitar que passageiros realizassem chamadas telefônicas pelo celular a mais de 1,5km de altitude. Todas as instalações de última geração da Emirates estão equipadas para receber o Airbus 380. A empresa possui oito unidades do modelo, sendo que outras 50 já foram encomendadas. Os pedidos da companhia totalizam 146 aeronaves avaliadas em mais de 48 bilhões de dólares.

A Emirates possui um compromisso de longo prazo com o incentivo ao esporte e há mais de 20 anos está envolvida com uma vasta gama de eventos esportivos e equipes do mundo todo. Em 1987, apenas dois anos depois de ter se lançado no mercado, a empresa já começava a construir o seu portfólio de patrocínios, que hoje conta com algumas das principais competições mundiais, espalhadas pelos seis continentes para os quais a empresa realiza voos diretos partindo de Dubai.

O vínculo com eventos esportivos de prestígio também ajuda a promover Dubai como um destino internacional para esportes, negócios e turismo. O atual portfólio de patrocínios da Emirates engloba futebol, rúgbi, críquete, iatismo, hipismo e tênis, incluindo alguns dos maiores e mais populares eventos esportivos do mundo.

A presença da empresa no futebol continua crescendo e vai além da parceria com a FIFA. Em 2004, a Emirates assinou com o Arsenal o maior acordo de patrocínio da história do futebol inglês. Além da marca Fly Emirates estampada na camisa dos jogadores, a empresa possui também os naming rights sobre a casa do clube londrino, o Emirates Stadium. A companhia aérea também patrocina clubes de outras partes do mundo, como Paris Saint-Germain, Hamburgo e Olympiacos, além de ter ampliado recentemente o patrocínio do Milan, uma das potências do futebol italiano.

A Emirates possui forte vínculo com o rúgbi, o que ficou demonstrado quando se tornou o primeiro parceiro internacional da Copa do Mundo de Rúgbi 2011.  A empresa foi também a principal parceira da Copa do Mundo de Rúgbi de Sete 2009, realizada em Dubai e disputada no novo estádio da Emirates, o recém-construído "The Sevens". O torneio foi transmitido para mais de 200 países por meio de 29 emissoras.

Outra competição patrocinada pela empresa é a IRB Sevens World Series, disputada em Dubai e também África do Sul, Londres e Edimburgo. A Emirates apoia ainda as seleções de rúgbi de sete de Inglaterra, Samoa e Estados Unidos, que estampam a marca nas suas camisas. Outros destinos do apoio da empresa são os árbitros e auxiliares da IRB, órgão regulador do rúgbi, além da equipe australiana Emirates Western Force.

Como principal patrocinadora de torneios de golfe ao redor do mundo, a Emirates é a companhia aérea oficial em 14 eventos do esporte, incluindo o Austrian Open, o BMW International Open, o Dubai Desert Classic, o HSBC Champions e ainda a edição 2010 da Ryder Cup, realizada no País de Gales.

O status de parceiro oficial do ICC, Conselho Internacional de Críquete, garante à Emirates o direito de patrocínio em todos os principais torneios do esporte, como as edições de 2011 e 2015 da Copa do Mundo de Críquete do ICC, o ICC Champions Trophy e o ICC World Twenty20, além de patrocinar também o painel de árbitros da entidade.

A Emirates é a principal patrocinadora do Kings XI Punjab, time da Premier League indiana de críquete, apoiando também a instituição de caridade para o críquete Lord's Taverners e o torneio Emirates Airline Pro ARCH.

No hipismo, a Emirates é o title sponsor da Copa do Mundo de Dubai, corrida que oferece dez milhões de dólares, prêmio mais alto do mundo na categoria, além de ser a companhia aérea oficial do Dubai International Racing Carnival. Longe de casa, a empresa patrocina a Emirates Melbourne Cup, o Australian Jockey Club's Carnival e o Melbourne Cup Carnival.

A Emirates é a transportadora oficial dos Campeonatos de Tênis de Dubai e da Roger's Cup, realizada no Canadá. A empresa também firmou contrato de patrocínio de três anos com o recém-renomeado BNP Paribas Open de Indian Wells, na Califórnia.

A Emirates Team New Zealand, equipe de vela da Nova Zelândia e vencedora da Louis Vuitton Cup Challenge Series de 2007, também leva o nome da empresa. A equipe participará da TP52 Med Cup Series do ano que vem, da 33ª America's Cup e da edição 2011-2012 da Volvo Ocean Race em parceria com a Camper.