Emoção, título e uma grande sequência
© Getty Images

Nos gramados germânicos, já estão definidos os três primeiros semifinalistas da Copa da Alemanha, enquanto na França o Lyon deu continuidade à sua impressionante série invicta e, na Nova Zelândia, o Northern Football garantiu o título nacional.

O FIFA.com resume os principais acontecimentos recentes do futebol feminino ao redor do planeta.

Alemanha: Bayern em busca de mais um título
Com um desempenho impressionante, o Bayern de Munique chegou às semifinais da Copa da Alemanha e segue na luta para repetir o título conquistado no ano passado. A equipe do técnico Thomas Wörle derrotou o Hoffenheim, da segunda divisão, por 5 a 1 nas quartas de final. A principal responsável pela vitória foi a americana Sarah Hagen, que marcou quatro gols na partida, enquanto Vanessa Bürki anotou o outro gol do clube bávaro. Pelo Hoffenheim, quem balançou as redes foi Martina Moser.

Além do Bayern, o Turbine Potsdam e o Freiburg também se classificaram para as semifinais. Mas o Turbine teve mais dificuldades para chegar lá. O atual campeão alemão venceu o SC Sand por 1 a 0 graças a um gol de Genoveva Añonman. A situação foi bem mais fácil para o Freiburg, que derrotou o Hervorder SV por 6 a 2. O confronto entre Wolfsburg e Jena foi adiado devido a más condições climáticas e será realizado apenas no ano que vem.

Nova Zelândia: Northern Football conquista título
Pela segunda vez consecutiva, o Northern Football se sagrou campeão neozelandês. Na final da ASB Women’s League, o clube conquistou o bicampeonato depois de derrotar o rival local Auckland por 2 a 0 no Estádio Fred Taylor Park. No primeiro tempo, nenhuma das duas equipes conseguiu criar boas chances, mas a situação mudou depois do intervalo, quando Tayla O'Brien e Georgia Brown anotaram os gols da vitória. "Nos últimos quatro jogos, não sofremos nenhum gol, o que mostra a força da nossa defesa", afirmou o técnico do Northern, Mauro Donoso, depois da partida. "Os primeiros 45 minutos foram intensos, com muito nervosismo. Mas a segunda etapa foi excelente e a equipe mostrou que é muito boa." A artilheira do Campeonato Neozelandês foi Helen Collins, que recebeu por isso a Chuteira de Ouro.

França: Lyon vence, como de costume
Enquanto a Bundesliga Feminina já está paralisada, na França foi disputada uma última rodada antes da pausa de inverno. Assim como nos confrontos anteriores, o Lyon não teve dificuldades e consolidou ainda mais a primeira colocação. O líder derrotou o Yzeure Allier por 3 a 0 com gols de Laëtitia Tonazzi, Amandine Henry e Lotta Schelin. Desde o início da temporada, o Lyon já venceu 18 partidas consecutivas. O vice-líder Paris Saint-Germain também não ficou para trás e goleou o Saint-Étienne por 4 a 1. Por fim, o Montpellier venceu o Toulouse em casa por 2 a 1 e se manteve em terceiro.

Os três primeiros: Lyon (48 pontos), Paris Saint-Germain (41, Montpellier (38)

Austrália: Revés do Canberra
Depois de duas vitórias consecutivas, o Canberra United sofreu um pequeno revés na luta para defender o seu título. O atual campeão foi derrotado por 2 a 1 em casa pelo Melbourne Victory e foi ultrapassado pelo adversário, caindo para a quarta colocação. A distância em relação ao líder Perth Glory aumentou para cinco pontos depois da derrota, já que o Perth conquistou mais três pontos ao superar o Sydney por 7 a 5 em uma partida emocionante. O Brisbane Roar também ultrapassou o Canberra e chegou à vice-liderança depois de vencer o Western Sydney por 2 a 1. Após uma impressionante sequência negativa de sete derrotas consecutivas, o Adelaide United finalmente voltou a comemorar uma vitória. O clube derrotou o Newcastle Jets por 2 a 0.

Os três primeiros: Perth Glory (19), Brisbane Roar (17), Melbourne Victory (16)