Nesta segunda-feira, 1º de outubro, Lionel Messi deu a largada para a escolha da próxima Seleção Mundial da FIFA/FIFPro, que será formada pelos melhores jogadores de 2012 nas diferentes posições. O vencedor da Bola de Ouro FIFA do ano passado foi o primeiro a depositar o seu voto na urna, e conclamou todos os futebolistas ao redor do planeta a fazerem o mesmo. "Eu participei, agora é a vez de vocês", afirmou o argentino.

No total, o Sindicato Internacional de Jogadores de Futebol (FIFPro) distribuiu cerca de 45 mil cédulas de votação no mundo todo. Graças ao auxílio das federações nacionais, elas serão repassadas a atletas na Ásia, nas Américas, na África e na Europa. Seguindo o exemplo de Messi, eles poderão montar a sua própria seleção dos sonhos. Na equipe é preciso escalar um goleiro, quatro jogadores de defesa, três meio-campistas e três atacantes.

Vem se tornando uma tradição que o vencedor da Bola de Ouro FIFA do ano anterior seja o primeiro a participar da votação. Pela terceira vez, a honra coube ao atacante do Barcelona. "É um grande prêmio, porque os jogadores são eleitos pelos próprios colegas de profissão", disse Messi ao FIFPro. "Todos os que forem escolhidos serão como vencedores."

Ganhar a Bola de Ouro três vezes consecutivas era um feito que apenas Michel Platini havia alcançado. Por esse motivo, o argentino estava ainda mais orgulhoso dos seus três prêmios seguidos. "É uma grande honra, ainda mais por ter sido um atrás do outro", comentou Messi. "Já é difícil receber o prêmio uma vez, quanto mais ser eleito o melhor do mundo por três anos seguidos. Estou muito feliz e aproveitando da mesma forma que da primeira vez."

Assim como no ano passado, o resultado da votação será anunciado durante a cerimônia de entrega da Bola de Ouro FIFA, em parceria com a entidade máxima do esporte. O evento acontecerá no dia 7 de janeiro de 2013 em Zurique, na Suíça. Messi é um dos grandes favoritos a uma vaga no ataque da Seleção Mundial da FIFA/FIFPro 2012, que chega à sua quarta edição este ano.

Em 2011, ele foi eleito o melhor jogador do planeta e integrou a Seleção Mundial ao lado de Iker Casillas (goleiro), Daniel Alves, Gerard Piqué, Sergio Ramos, Nemanja Vidic (jogadores de defesa), Andrés Iniesta, Xabi Alonso, Xavi (meio-campistas), Cristiano Ronaldo e Wayne Rooney (atacantes).